ARTIGOS

PUNIçõES: ZâNES
Num platô elevado ao lado do Ninfeu estavam localizados os pequenos edifícios construídos pelas cidades-estados para abrigar as relíquias e caros objetos de culto. Desses edifícios não há muitos resquícios visíveis, além das indicações nos mapas dos guias. Logo abaixo, um pouco antes da entrada do estádio, podemos observar várias bases de estátuas que não existem mais, as zânes, que têm uma origem bastante curiosa. Eram estátuas de Zeus em bronze, erguidas às expensas de atletas que haviam trangredido as regras de competição. Pensando bem, essa era uma punição bastante rigorosa: o atleta desonesto não somente pagava uma pesada multa, pois a confecção de uma estátua seria bastante custosa, mas também tinha o nome “imortalizado” na base da estátua. Ele seria lembrado como alguém imoral, e esse era, suponho eu, o pior aspecto da punição.

* Artigo foi extraido do livro Uma viagem à Grécia: os jogos olímpicos e os deuses, de Stylianos Tsirakis.

Copyright © 2011 - All Rights Reserved - Areté - Centro de Estudos Helênicos
Rua dos Macunis, 495 São Paulo - SP - Brasil 05444-001
Tel: (11) 3032-3939 | E-mail: secretaria@arete.org.br