ARTIGOS

SALTO
– O salto é, junto com a corrida, uma das modalidades esportivas mais antigas. Como vocês podem ver nestes vasos, o salto era praticado com a utilização de halteres. Esses pesos, que tinham diversos formatos, eram utilizados para aumentar o impulso durante o salto. O peso dos halteres era de aproximadamente 2 kg e de um formato que facilitava sua empunhadura.
 
Quando o atleta estava no ar, ele arremessava os halteres para trás, ganhando assim um impulso extra. A eficácia deste recurso foi testada e comprovada. As marcas alcançadas pelos atletas antigos, cerca de 16 metros, parecem, no entanto, improváveis. Os estudiosos supõem, portanto, que a modalidade praticada então fosse o salto triplo, o que traz outras complicações: além de não haver registros na língua grega antiga de nenhuma palavra para “salto triplo”, é difícil imaginar de que forma os halteres seriam utilizados nesse caso. Essa imagem, que representa o salto de um atleta empunhando os halteres, mostra-nos também um músico tocando flauta dupla. Isso confirma a ideia de que o salto, assim como outras modalidades esportivas, era praticado ao som de instrumentos. A música servia para dar ritmo aos movimentos.
 
Gostei da ideia de ter atividade física com música, pensei comigo própria, mas não comentei nada temendo que o pessoal implicasse comigo.

* Artigo foi extraido do livro Uma viagem à Grécia: os jogos olímpicos e os deuses, de Stylianos Tsirakis.

Copyright © 2011 - All Rights Reserved - Areté - Centro de Estudos Helênicos
Rua dos Macunis, 495 São Paulo - SP - Brasil 05444-001
Tel: (11) 3032-3939 | E-mail: secretaria@arete.org.br