LOGIN
ASSOCIE-SE!
Apoie nossa missão e colabore para que possamos perseverar como instituição autossustentável.

NÚCLEOS

Núcleo Dança e Música

O Núcleo de Dança do Centro de Estudos Helênicos Areté tem como objetivo criar e manter atividades como os cursos regulares de dança grega, as oficinas e palestras, apresentações de música e dança e de se relacionar, de forma efetiva, com os demais Núcleos (através dos Encontros Internúcleos e várias outras atividades afins).
Participam deste Núcleo Jovana Constantinidou, Caio Mancini, Paulo e Selma Sertek.


Jovana Constantinidou foi dançarina do grupo “Juventude Helênica de São Paulo – NEOLEA/SP” por vinte anos e professora e pesquisadora de danças populares e tradicionais/folclóricas gregas há 30 anos. Foi fundadora do Centro de Estudos Helênicos Areté e ministrou aulas de dança no período de 2005 a 2010, quando este ainda era o Centro Kaváfis.

 

Caio Mancini é dançarino do Grupo Zorbás de danças gregas e professor de danças da Areté. Em 2017 iniciou seus estudos da língua grega moderna e desde então tem colaborado com traduções e pesquisas junto ao Núcleo de Danças gregas do Centro de Cultura Helênica Areté. No início de 2021 entrou para o Núcleo de Língua e Cultura da mesma instituição, junto ao qual desenvolve pesquisas e dá aulas de grego moderno.
 

Paulo e Selma Sertek são professores e pesquisadores de dança grega há 16 anos e coordenam o Grupo Zorbás de Danças Gregas. De 1998 a 2004 foram dançarinos e coordenadores do grupo NEOLEA/SP. Iniciaram suas participações como professores de dança do Areté (2011) quando ele ainda era o Centro Kaváfis, em 2008.
 

Pequena descrição das atividades:


- Cursos de dança grega básico e avançado – Os alunos, além de terem acesso a amplo material, são convidados e têm a oportunidade de se apresentarem em nosso espaço. A novidade é o recém criado curso de dança de nível básico, com a instrução feita por Caio Mancini, dançarino e pesquisador do grupo Zorbás de Danças Gregas;


- Oficinas – Nossas oficinas são uma oportunidade de vivência da dança e música gregas, inclusive, dentre as várias oferecidas há a participação de músicos e dançarinos convidados que ajudam ampliar o universo desta vivência;


- Palestras – Essa é a oportunidade de aprofundamento teórico no que diz respeito às tradições do povo grego, sua cultura, história e ritmos;


- Eventos – O Núcleo promove vários eventos de dança como o tradicional “Bailão” de danças gregas, realizado em parceria com o Grupo Zorbás. Nele, o público tem a oportunidade de “experimentar” as danças gregas - com a pista incentivada pelos dançarinos -, e também os mezédes (antepastos tradicionais), além de assistir as apresentações do grupo com os trajes folclóricos correspondentes.

 

GRUPOS DE ESTUDO

Aula Aberta de Dança Grega

Apresentação de danças, passos e cultura das ilhas gregas. 

Sábado, dia 28 de Agosto, das 18h às 19h, com Paulo e Selma Sertek. Gratuito, online, pelo canal do Youtube da Areté. 

 

 

 

Diálogos entre o samba e o rebétiko: a figura do malandro em canções, com Profa. Dra. Andreia Menezes


Nessa conversa, o grupo Zorbás e a Profa. Dra. Andreia Menezes (Unifesp) promovem um intercâmbio cultural ao analisarem como dois dos mais importantes movimentos na música grega e brasileira populares, o Samba e o Rebétiko, retratam em letras de canção as figuras marginais do malandro e do mángas. Autora do livro Pandeiros e bandoneones: vozes disciplinadoras e marginais no samba e no tango (2017), Andreia Menezes trará análise de sambas do início ao meio do século XX que dialogam com músicas rebétikas do mesmo período. Andreia Menezes é professora da área de Língua Espanhola e suas Literaturas do Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e do Programa de Pós-graduação em Letras da mesma instituição. É também autora do livro Pandeiros e bandoneones: vozes disciplinadoras e marginais no samba e no tango (2017). O Grupo Zorbás de Danças Gregas foi fundado em 2004 e dedica-se ao ensino, pesquisa e apresentações de danças gregas tradicionais e populares.

 

 

Palestra Percepção de Ritmos Assimétricos na Música Grega 

com Marcelo Queiroz

 

Palestra realizada em 24.11.2020 (online) 

Artigo e slides no link abaixo http://www.arete.org.br/artigo/51/ 

Essa palestra explora aspectos da percepção rítmica no contexto da música tradicional grega, que exibe uma rica variedade de padrões rítmicos assimétricos, isso é, contendo unidades rítmicas de durações diferentes. Um experimento de escuta com estudantes universitários de música foi realizado a fim de investigar a acurácia temporal e a estrutura métrica percebida pelos voluntários, revelando relações entre a dificuldade da tarefa e aspectos musicais tais como andamento, estruturas métricas e simetria/assimetria dos ritmos. Marcelo Queiroz é Professor Associado do Departamento de Ciência da Computação e vice-coordenador do NuSom - Núcleo de Pesquisas em Sonologia da Universidade de São Paulo.

 

 

 

Amazonon -Show Musical , com Juliano Abramovay e Chryssanthi Gkika

Realizado em agosto de 2019 

O nome Amazonon evoca a mitologia grega, com a tribo das Amazonas, ao mesmo tempo em que remete à nossa brasileira selva amazônica. Este projeto nasce do encontro entre tradições musicais distantes; a música do leste do Mediterrâneo (Grécia, Turquia e Oriente médio) em toda sua complexidade melódica com a riqueza da música brasileira. 

Nos últimos dois anos, Juliano Abramovay (Grand Bazaar, Luiza Lian, Orkestra Bandida) esteve na Europa pesquisando e participando de projetos ligados à música modal de diferentes tradições. Agora, o músico retorna ao Brasil ao lado de Ricardo Zoyo (contrabaixo) e João Fideles (bateria). 

Juliano se apresenta no violão e alaúde, instrumento tradicional presente no Leste do Mediterrâneo e Oriente Médio. Esta região é marcada por tradições musicais milenares com sistemas modais (Makam, Maqam, Mugam, Dashtag) onde melodia e percussão são os elementos de destaque. 

Chrysanthi Gkika (Grécia) é um expoente da Lyra, instrumento de corda tradicional da região da Grécia e Turquia. Aluna de Sokratis Sinopoulos, ela participou de importantes orquestra como a "Mitos" Orquestra, dirigida por Ross Daly, além de se apresentar e promover workshops na Espanha, China e Turquia. 

O repertório conta com composições de artistas contemporâneos como Rabih-Abou Kalil (Líbano), Anouar Brahem (Tunísia), Efren Lopez (Catalunha), John Zorn (EUA) e Egberto Gismonti (Brasil), além de composições próprias e peças tradicionais da Turquia e Grécia. Participação especial do Grupo Zorbás de danças gregas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2011 - All Rights Reserved - Areté - Centro de Estudos Helênicos

Rua dos Macunis, 495 - Vila Madalena - São Paulo - SP - Brasil 05444-001

Tel: (11) 3032-3939 (Segunda a Sexta das 13:30h às 20:30h e Sábado das 09:00h às 14:00h)

E-mail: secretaria@arete.org.br | Whatsapp (11) 97113-0660